sábado, 3 de fevereiro de 2018

Disciplina de Pensamento Critico - Parte 1

Eu me inscrevi em uma disciplina de Pensamento Critico antes de começar a leitura de "As Origens do Totalitarismo", da Hannah Arendt (ja falei do livro Eichmann em Jerusalem, parte 1 e parte 2).

Isso é so um resumo do curso, minhas anotaçoes que guardo para posteridade.

Modulo 1: Introduçao à critica do poder

The fundamental cause of the trouble is that in the modern world the stupid are cocksure while the intelligent are full of doubt.

— Bertrand Russell (‘The Triumph of Stupidity’ in Mortals and Others: Bertrand Russell’s American Essays, 1931–1935)
O pensamento critico é um ramo da Filosofia. É exercer a inteligencia diante dos problemas apresentados, levando em consideraçao os fatos e os valores pessoais:

Os fatos: Fenômenos observaveis e incontestaveis. Ex: Murakami é japonês/ A bandeira do Brasil é verde, amarela, azul e branca/ A Torre Eiffel tem 324 metros de altura, etc.


  • Fato é diferente de fantasia/ficçao: Ex: A Liberdade é Azul, A Igualdade é Branca, a Fraternidade é Vermelha (trilogia das cores do cineasta polonês, Krzysztof Kieślowski). Ele usou as cores da bandeira da França e o lema "Liberté, Égalité, Fraternité" para criar a trilogia dos filmes que nada mais é que uma ficçao, pois nao se pode atribuir cores a um conceito/ideia a nao ser na ficçao/fantasia.
  • Fato é diferente de falacia: Denominação atribuída, pelos escolásticos, ao silogismo sofístico de Aristóteles, caracterizado pela falsa aparência de veracidade, mas que se constitui em um argumento artificioso que engendra erro, espécie de raciocínio que, a despeito da aparência de verdade, é falso ou equivocado; sofisma. 


Valores: Escolhas pessoais, orientaçao de vida, açoes.

Para ser um pensador critico, é necessario:

  • Tolerância: ouvir varios pontos de vista e gostar de bons debates (diferente de bate-boca).
  • Ter habilidades analiticas: construindo argumentos e apresentando os motivos para chegar numa conclusao.
  • Ser confiante: para debater com as pessoas presentes.


Liberdade de pensamento: Contestar os poderes estabelecidos que pretendem pensar no lugar do individuo e impor a visao do mundo deles (Ex: tirania e religiao). O tirânico nao pode controlar sua mente, o que você pensa.

Liberdade de expressao: poder expressar suas ideias publicamente sem risco de represalias. O tirânico pode controlar sua liberdade de expressao fazendo o uso da violência.

A liberdade de expressao é diferente de falacia e de argumento de autoridade. Embora muitos utilizam a palavra "liberdade de expressao" para querer impor à força seus argumentos falaciosos, tendenciosos e de opressao.

Em um regime autoritario que pensa por nos, o pensamento critico é uma atividade rebelde.

Argumento de autoridade x argumento da razao

O argumento da razao: Cada um expoe suas ideias até chegar num consenso.
O argumento de autoridade é imposto e nao questionavel.

  • Obediência às autoridades sem critica e reflexao (Ex: Eichmann)
  • Controle pelo uso da força, repressao, violência e tortura.
  • Adversarios do pensamento: tiranos, ditadores, déspotas, lideres religiosos.


Exemplo na religiao: 

  • Na Idade Média, a Igreja impunha a obediência cega, ja que era "a vontade de Deus" e ninguém pode questiona-Lo.
  • A Filosofia estava à serviço da Teologia
  • Na Monarquia, a familia real era escolhida por Deus
  • O meio de repressao era a Santa Inquisiçao que torturava e matava em nome de Deus


Igreja x Ciência:

  • Igreja: A Terra é o centro do universo
  • Copérnico: supoe através de calculos que o sol é o centro do universo e a terra e os outros planetas giram em torno dele.
  • Galileu: prova (fatos) através do telescopio (tecnologia) que a suposiçao de Copérnico estava certa e nao a da igreja.


Exemplos no Totalitarismo:


  • Totalitarismo: terror, censura, propaganda, inexistência de direitos individuais, o estado controla a economia, cultura, lazer e a midia.
  • Nao suportam oposiçao politica / partido unico / lider carismatico.
  • Repressao: Gestapo (Alemanha), KGB (URSS), campos de concentraçao e exterminio (Alemanha), Goulags (URSS).
  • Falta de legitimidade ou legitimidade irracional*
*legitimidade irracional: pessoas aderem a um poder autoritario porque sao manipuladas, ingênuas, iletradas, cegas pela emoçao ou ameaçadas.
legitimidade racional: estao ligada ao exercicio do pensamento critico. Os individuos sao autônomos e so aceitam como poder justificado o que a razao diz de aceitar, ou seja, um governo legitimo e democratico.


Exemplo de 3 estados totalitarios:

Facista - Mussolini - Italia: 

  • Desemprego em alta / Crescimento dos movimentos sociais/ Idealismo socialista. Soluçao: Golpe de Estado. 
  • Mussolini era obcecado pelo Imperio Romano (virilidade/ agressividade/ conquista).
Nazista - Hitler - Alemanha
  • Crise politica, economica e social / racismo /  regima nazista financiado pelos industriais.

Soviético - Stalin - URSS
  • Guerra Civil: Bolcheviques x czaristas (apoiados pelo ocidente) / 8 milhoes de russos morreram de fome / promessa de uma sociedade igualitaria / fim de classes / auto-gestao
Segundo Hannah Arendt, o totalitarismo exige lealdade total, ilimitada, incondicional e inalteravel dos filiados ao partido. O governo é exercido com violência e elimina a distância entre governantes e governados. Os governantes tem sede de poder, vontade tirânica e arbitraria, depende da vontade das massas (poder da propaganda).

Novas formas totalitarias: Estado de urgência ou de exceçao

É uma medida provisoria em caso de perigo iminente em um pais (ex: ataque terrorista). Algumas liberdades fundamentais podem ser restritas, tais como, a liberdade de ir e vir ou a liberdade de imprensa.

Segundo o filosofo italiano Giorgio Agambem, o estado de urgência é uma forma de ditadura, devido à destituiçao do estado legitimo e soberano. Por "questoes de segurança", propagam o medo e o terror através das midias sensacionalistas e a policia substitui o poder judiciario.

O conformismo na democracia: Um exemplo da tirania da maioria



O comportamento de manada*, o conformismo e a falta de pensamento critico podem ter efeitos nefastos para democracia.
Alexis de Tocqueville, filosofo francês do séc. XIX, declarou que o principal risco da democracia é  tornar-se a tirania da maioria, pois a regra da maioria é a opressao da minoria. A maioria dominante esta "sempre certa", enquanto a minoria esta "sempre errada". 
A democracia é fundada no principio de igualdade quanto às decisoes politicas, ela gera uma homogeneização da sociedade que leva ao conformismo. Uma decisao é boa porque foi aceita pela maioria e nao pela sua pertinência ou sua propria argumentaçao. A lei do mais forte como fator de legitimidade e de tomada de decisao prejudica o pensamento crítico e pode levar ao despotismo.

*O comportamento de manada é um termo usado para descrever situações em que indivíduos em grupo reagem todos da mesma forma, embora não exista direção planejada. 

Fatores que levam o individuo ao conformismo:
Adversario interior (nos mesmos): temos tendência a nao exercer o pensamento critico e a nao sair da zona de conforto.
Seguir a correnteza: mesmo se o individuo pensa, ele nao se da ao trabalho de discutir.

Exemplo Eichmann: O pensamento critico requer que compreendemos o que estamos fazendo e que nos colocamos no lugar do outro, pois ele é um ser humano como eu. Por que eu faria isto ao proximo? Gostaria que isso fosse feito em mim?
Para Eichmann, o outro nao existe. A vitima foi desumanizada pela propaganda.

Experiência Milgram: Psicologo americano fez uma pesquisa sobre "experiência da memoria". Jogo de perguntas e respostas. Individuo 1 faz a pergunta, individuo 2 erra a resposta, individuo 1 tem autorizaçao do psicologo de administrar choques no individuo 2 a cada vez que ele erra a resposta. Quanto mais ele erra, mais aumenta a descarga eletrica.
Individuo 1 nao questiona a tortura que esta cometendo no individuo 2, porque esta acreditando cegamente na ciência (ordem do psicologo).

Documentario "Jogo da Morte", 2009 (video abaixo, em francês)
Recriaram a experiência Milgram em um programa de TV. As pessoas continuam agindo sem refletir, porque estao diante das câmeras, acreditam no que o apresentandor pede para eles fazerem, recebem aprovaçao da plateia que grita e torce por eles, recompensa monetaria.


Outros filmes discutidos:
  • Die Welle (A Onda), 2008, Alemanha. Direçao: Dennis Gansel
  • Nineteen Eighty-Four, 1984, Inglaterra. Direçao: Michael Radford. Adaptado do livro homônimo, de George Orwell
  • Das Experiment, 2001, Alemanha. Direçao: Oliver Hirschbiegel. Adptado do livro The Experiment − Black Box, de Mario Giordano.
Principio de legitimaçao do poder: Ninguém pode violar os direitos humanos.

Henri Poincaré e o pensamento critico (1909):

"O pensamento nao devera jamais se submeter, nem a um dogma, nem a um partido, nem a uma paixao, nem a um interesse, nem a uma ideia pré-concebida, nem a nada que nao seja o proprio fato, pois se o pensamento se submeter, ele deixara de existir".


Conclusao
Ter senso critico = capacidade de entender os problemas apresentados e nao se enganar, sabendo que o passado nao se repete e o futuro é incerto.
Fatores que se se opoem ao senso critico: argumento de autoridade e argumento de razao
Adversarios exteriores: tiranos e religiosos que querem que o povo va na direçao que eles desejam. O tirano reina pela força que ele exerce e pelo medo que ele suscita, seu poder nao tem nenhuma legitimidade para o povo.
Um poder legitimo é uma autoridade que obedecemos, nao porque temos medo, mas porque concordamos com ela.


Fim do primeiro modulo.




terça-feira, 30 de janeiro de 2018

DocumentYourLife: Jornal das minhas loucuras privadas n.15

Janeirou!!!! Ano novo, vida nova de mierda de siempre.

2018 entrou com tudo e sem vaselina. Devido aos -40oC na semana entre Natal e Ano Novo, era inevitavel nao pegar uma gripe forte que te derruba e ainda deixa sua imunidade baixissima.


Por causa da baixa imunidade....


Tive uma alergia, surgiram perebas avermelhadas no meu corpo, parecia picada de inseto (mas como no inverno nao tem inseto, entao nao era...). Fui pesquisar no Google e vi tanta doença de pele bizarra que corri pro médico, passei o domingao inteiro  (o sistema aqui é publico e os atendimento é por prioridade/urgencia, como alergia nao é, fui a ultima a ser atendida).
A médica também nao soube dizer que tipo de alergia que era, mas me receitou uma pomada cortisona para passar e encaminhou minha ficha para um dermatologista que um dia vai me ligar, até la ja estarei curada pq com a pomada ja melhorou.

Falando em médico


Agora eu tenho uma médica de familia, é a médica que vai  acompanhar meu historico de saude daqui pra frente, mas para agendar uma consulta, tenho que ligar dia 1 de fevereiro para ser atendida em março.


Fantasmas que aparecem


Trabalhei com uma pessoa na decada passada, tinha um cargo superior ao meu, ou seja, so falava comigo quando era necessario. Do nada a pessoa me envia um email como se fôssemos intimos. Fingi que nem vi e apaguei, deve estar querendo algum favor, so tenho cara de trouxa, mas nao sou nao. Coisa que aprendi no Canada: colega de trabalho nao é amigo e nao sou obrigada. Graças a deusa nao sou mais sua subordinada. Vê se me erra, trem!

O tombo


O chao parecia uma pista de patinaçao no gelo, cai que nem sabao e bati o coccix.

Celular perdu


Perdi o celular numa tempestade de neve, tentei localiza-lo, estava proximo do ponto de onibus, tem aquela opçao de fazê-lo tocar por cinco minutos, mas nao ouvi, estava soterrado na neve e ja tinha parado de funcionar, ele tinha menos de um ano. Fui na loja e "me deram" um outro da mesma marca, porém de qualidade inferior e ainda ganhei um fone de ouvido sem fio.
Que fique claro, eles nao dao o celular, tive jurar fidelidade à operadora por dois anos e com certeza o preço esta embutido no valor do pacote.

Banho de arruda


Queria tomar um banho de arruda e sal grosso. Chorei por nao ter arruda aqui, preciso tirar os catimbos. Pelo menos o sal grosso é kosher.


Vou mudar de novo


Quarta mudança em 6 anos, resolvi assim do nada, em fevereiro saio de onde estou e vou dividir um apto com uma amiga. Vantagens: É perto do meu trabalho e meus gastos vao cair pela metade.
Desvantagem: Amo morar sozinha, ser egoista, egocêntrica, egossexual. Conviver é um exercicio de paciencia e tolerancia para mim.

Trauma


Sempre acho que as pessoas se aproximam de mim para me machucar, por isso evito ao maximo o contato ou ter muita intimidade, mas ao menos eu estou me dando uma chance de tentar mudar e sem ajuda de terapeuta, pois nao tenho um aqui e é o unico prazer burguês que queria proporcionar a mim mesma, ir pra terapia de vez em quando.

Tragicomédia


Se janeiro foi assim, melhor nem saber como vai ser o resto do ano. Vou imaginar que minha vida é um teatro. Na tragédia, começa bem e termina mal, ja na comédia, começa mal e termina bem. Espero que esse ano seja uma comédia, pq começou ridiculo.

sábado, 27 de janeiro de 2018

Poeta maldita: Renée Vivien


Renée Vivien (1877-1909), nasceu na Inglaterra, mas Viveu na França e sua obra foi escrita em francês, era conhecida como "Sapho 1900", pois assim como Safo, era poeta e lésbica. Era campeã, junto com Paul Verlaine dos versos hendecassílabos. Traduziu Safo para o francês e fazia parte do circulo Paris-Lesbos, formado por artistas e escritoras.

Também era uma "poeta maldita" (Poètes maudits é a definição de Verlaine aos poetas incompreendidos que rejeitam os valores da sociedade, conduz uma vida provocante, perigosa, autodestrutiva e morre antes de ter sua obra reconhecida). Renée sofria de depressao severa, de anorexia, tentou suicidar-se algumas vezes, tinha problemas com alcool e drogas, morreu aos 32 anos, de pneumonia e inanição, pesando apenas 30 kg.

A obra dela tem aquela energia do fim do século, contos cruéis, sobrenaturais, macabros e muita influência biblica, do gótico e dos classicos gregos. As personagens femininas sao inteligentes, sabem se defender e nao aceitam serem domadas. 

Fiz a traduçao (amadora) de um conto e meio (do segundo apenas um fragmento) e de dois poemas em prosa, espero que gostem.

A AMIZADE FEMININA

De toda estupidez que os filisteus letrados encheram seus leitores, veja a mais formidavel: "As mulheres sao incapazes de fazer amizades. Jamais houve Davi e Jonatas* entre as mulheres.
Sera que eu posso insinuar que o afeto de Davi por Jonatas parece mais passional que fraternal? Tenho por prova a oraçao funebre do jovem conquistador:

Como estou triste por você, Jônatas, meu irmão!Como eu lhe queria bem!Sua amizade era, para mim, mais preciosa que o amor das mulheres!

Eu nao creio que essas lagrimas sejam por causa de um fim doloroso de amizade. Considero mais lagrimas de sangue de um ardor de viuvo.

Quantas amizades sao mais desinteressadas que a magnifica ternura de Rute, a moabita, por Noemi! Nenhuma languidez carnal poderia insinuar-se na amizade das duas mulheres. Noemi nao era mais jovem, ela mesma disse: Eu sou velha para casar de novo.

Noemi disse a Rute: "Veja, sua cunhada está voltando para o seu povo e para o seu deus. Volte com ela!"Rute, porém, respondeu:"Não insistas comigo que te deixe e que não mais te acompanhe.Aonde fores, irei, onde ficares ficarei!O teu povo será o meu povo e o teu Deus será o meu Deus!Onde morreres morrerei, e ali serei sepultada.Que o Senhor me castigue com todo o rigor se outra coisa que não a morte me separar de ti!" 

Como a mais bela musica, essas palavras deixam-nos sem voz e sem fôlego diante do infinito.
À oferta resignada de Noemi, que o Senhor a trouxe de volta de mãos vazias ao seu pais natal, Rute, a moabita responde com essa frase de uma humildade implorante: Nao me apressa em te deixar, em ficar longe de ti, que prepara, como um preludio murmurante, a amplitude do orgao da estrofe incomparavel: Aonde fores, irei...
Nunca algum soluço de amor sera igual a este fervor e esta abnegaçao. O poema de amizade ultrapassa o poema de amor. É a maior devoçao, a paixao alva. E esta ternura se estende até o tumulo: Onde morreres morrerei, e ali serei sepultada.
Noemi significa beleza, doçura, seja honrada pela amizade que tu inspiraste e que sejam celebradas também entre as virgens de Israel: "Sua nora que te ama, prefere a ti à sete filhos..."
Na verdade, o livro de Rute é a apoteose da amizade magnânima. A amizade, fusao casta das almas, neve derretida na neve... A amizade, soluço de citaras e perfume de violetas.
Creiam-me, Rutes e Noemis do futuro, o que ha de melhor e mais doce no amor, é a amizade.

*Leia na biblia em II Samuel, cap. 1

FRAGMENTOS DE "O VÉU DE VASTI1"

"Inocente como o Cristo que morreu pelos homens,
ela devotou-se pelas mulheres".
Flaubert, La tentation de Saint Antoine
Uma velha escrava judia conta a lenda de Iblis2 e a de Lilith que foi criada antes de Eva, sendo entao a primeira mulher.
«… E Lilith, desdenhosa do amor do homem, preferiu ser enlaçada pela serpente. É por isso que ela foi castigada por séculos. Alguns a viram nos claroes da lua, chorar pelas serpentes mortas. Ela aparece nos sonhos sobrenaturais dos solitarios. Ela atormenta com sonhos a candura do sono. Ela é a Febre, ela é o Desejo, ela é a Perversidade. Na verdade, Lilith foi castigada por séculos, porque ninguém jamais conseguiu satisfazer sua fome do Absoluto.
-         Eu seria Lilith, pensou alto a rainha Vasti.
-       Iblis, como sua companheira mortal, é maldito, oh, soberana… Iblis é uma estrela caida que sombreia nas trevas, pois queria ser igual a deus.
-        Eu seria Iblis, pensou alto mais uma vez a rainha Vasti.
-        Ele é o primeiro dos vencidos, oh, soberana… Pois Iblis quis o impossivel.
-        Eu amo os vencidos, murmurou Vasti. Eu amo todos os que amam o impossivel. »
Vasti se levantou e, com um gesto humano, tirou de sua cabeça a coroa real, as pérolas de seu pescoço, as safiras dos seus dedos palidos, as esmeraldas de sua cintura e se vestiu com a tunica rasgada da velha judia.
Onde vais, rainha? Soluçou a velha judia inconformada
-          Eu vou para o deserto onde os seres humanos sao livres como os leoes.
-          Nenhum homem jamais retornou do deserto e nunca uma mulher se aventurou.
-       Eu perecerei talvez de fome, talvez entre os dentes de uma besta selvagem, talvez de solidao, mas depois da rebeliao de Lilith, eu serei a primeira mulher livre. Minha açao chegara ao conhecimento de todas as mulheres e de todas aquelas que sao escravas no lar de seus maridos ou de seus pais me invejarao em segredo. Sonhando com uma rebeliao vitoriosa, elas dirao : « Vasti menosprezou ser rainha para ser livre »

E Vasti foi rumo ao deserto, onde as serpentes mortas revivem sob os raios da lua.
________________________________________
1Leia na biblia, no livro de Ester, cap. 1
2 Iblis é o principal demônio da mitologia islâmica


O CISNE NEGRO

Sobre os fiordes, passavam como uma nuvem, os cisnes brancos.
Um dia eles perceberam no bando, um cisne negro com o bico vermelho de sangue.
Os cisnes todos brancos estavam aterrorizados ao ver no meio da trupe este companheiro singular.
Tranquilizados enfim, eles passaram do terror ao odio.
Entao eles atacaram o cisne negro com tanto odio que este veio a perecer.
O cisne negro pensou:
Eu nao suporto a crueldade dos meus semelhantes que nao sao parecidos comigo
Eu fugirei para sempre no fundo da minha solidao.
Vou alçar o voo e irei rumo ao mar.
Conhecerei o sabor das brisas maritimas. Escutarei os grandes gritos da tempestade.
As ondas tumultuosas embalarao meu sono, descansarei com as trovoadas.
O relampago sera meu irmao e o trovao sera meu irmao bem-amado.
Tendo ouvido de longe o barulho das ondas, o cisne alçou o voo rumo ao mar.
Porém, o furacao o surpreendeu, o abateu e quebrou suas asas...

O cisne negro acreditou que iria morrer sem ver o mar.
Entretanto, ele sentia no ar o bom odor das algas.
As asas quebradas se levantaram num ultimo esforço...
E o vento levou o cisne morto até o mar.

A MENDIGA

A mais bela das garotas da Noruega era uma mendiga que mendigava nas grandes rotas.
Ela se vendia para todos que passavam na rua.
Celebraremos diante do rei a beleza desta mulher
E o rei pediu-lhe que se aproximasse,
mas a mulher nao obedeceu à ordem real,
Pois ela amava o vento e a poeira dos grandes caminhos
O rei levou-a à força
Ela foi, mas chorando,
pois ela amava o vento e a poeira dos grandes caminhos
O rei colocou sobre os cabelos da mendiga a coroa real.
A mendiga e prostituta de antes sentou-se ao lado do rei no trono
- Um dia a  rainha disse às suas servas:
"Eu deixo vocês colocarem o peso de uma coroa.
Antes, os ventos dos grandes caminhos sopravam na minha cabeleira.
Eu dormia entre o capim seco, vivia segundo o tempo e a hora
e amava o que queria."
Ao cair da noite, ela saiu do leito real
Procuraram-na por muito tempo
Alguém a encontrou mais tarde, morta em meio ao capim seco
Ela parecia dormir com o rosto virado pro céu.
Deixaram-na no meio do capim cortado
O vento levantou e fazia barulho entre as arvores e o trigal
E a morte dormia no capim cortado
O vento das grandes rotas soprava em seus cabelos.

sábado, 20 de janeiro de 2018

O diario da Anna Dostoievskaia

No fim do ano, passei na biblioteca e vi este diario da Anna Dostoievkaia e resolvi pega-lo por curiosidade. 
Anna, aos 19 anos, foi trabalhar para Dostoievski como taquigrafa do livro "O Jogador" e apos 4 meses que se conheceram, casaram. Ele era viuvo e tinha 45 anos, idade de ser pai dela, mas agia como se fosse filho.
Este diario é apenas do ano de 1867, primeiro ano do casamento, estavam morando na Suiça. Ela narra o dia-a-dia de esposa, dona de casa que vai às compras, ao correio, à biblioteca, sai para um passeio, costura e aguenta calada o marido.
A vida de Dostoievski sempre foi atormentada, nem vou entrar em detalhes, so vou mostrar o ponto de vista descrito no diario pela esposa.

Na minha cabeça tem aquele conflito, eu uma mulher do séc. XXI querendo entender uma mulher do séc XIX, porque sinceramente, nao sei se tenho do ou raiva desta criatura que da a impressao que mulher veio nesta vida para ser martir e aguentar todos os pitis do marido.

Ela achou uma carta no bolso dele, arrancou com tudo, acabou rasgando e nao deu para saber quem era a remetente. Entao começou o ciumes, o medo de ser traida como foi a primeira esposa, Maria Dmitrievna. (Leia o conto "O Eterno Marido", talvez la ele explica melhor).

Era viciado em jogatina e perdia tudo sempre, por isso fugiu da Russia, eles tinham que penhorar alianças, roupas e pedir dinheiro emprestado para familia, principalmente para a coitada da mae da Anna. Viviam na miséria e ela ainda estava gravida. (Leiam O Jogador)

Ele sofria de epilepsia e tinha crises varias vezes por semana.

O que mais me chocou foi o relacionamento abusivo, ele fazia de tudo para reduzi-la a nada. Varias vezes ela escreveu: Que homem estranho!

"Ele me ofendeu dizendo que antes me considerava uma das primeiras, mas que eu nao passava da ultima das mulheres. Nem vou insistir, é bem conhecido que nenhum marido acha sua mulher inteligente, boa, cultivada. A noite eu chorava, estava triste porque o homem que eu amava nao me compreendia"

Olha que traste! Estavam na miséria e ele reclamando que ela andava mal vestida:

"Ele repetiu varias vezes que eu andava mal vestida como uma doméstica, enquanto as mulheres na rua estao todas bem arrumadas. O que eu posso fazer? Se ele me desse 20 francos por mês para comprar roupas, eu me vestiria melhor, mas depois que viemos para o estrangeiro, eu nao comprei nenhum vestido. Ele, em vez de ficar bravo, tinha era que me agradecer por nao gastar dinheiro com roupas".
"Ele me disse que eu era uma boa esposa, por mais boa que eu fosse, ainda merecia umas chicotadas de vez em quando" 
"Segundo ele, uma mulher é incapaz de fazer alguma coisa direito, nao sabem trabalhar corretamente, nem ganhar o pao, elas estragam tudo. Elas tem que se casar para evitar isso. Se ele é considerado entre os melhores pensa assim, imagine os menos instruidos. Quando ele terminou de falar, eu tive uma sensaçao extremamente desagradavel, como se eu tivesse cometido uma injustiça, foi uma humilhaçao nao merecida".

Falando em russos, Virginia Woolf escreveu em seu diario: "Pessoas que detestam as mulheres me deprimem e Tolstoi detesta". Como so li Anna Karenina e A morte de Ivan Ilitch, fiquei com um ponto de interrogaçao na cabeça por alguns anos. Entao me deparei com esta "17 regras de vida", duas das regras: Visitar o bordel apenas duas vezes por mês, manter distância de mulheres. 
Queria saber o que Virginia leu que a deixou deprimida, nao menciona, mas ela chegou a traduzir algumas obras dele.

Essas eram as vidinhas machistas dos nossos amados russos, né mores? Concordo com a Woolf, é deprimente... 

Retrospectiva 2017

Aquela retrospectiva de todo ano para eu lembrar o que aconteceu, o que vi, assisti, ouvi. Ja falei o que li no post anterior. (Fotos + videos no Instagram)

Trabalho
Nao precisei procurar emprego em 2017, mas terei que procurar em 2018 se  nao renovarem o contrato.

Viagens

Nao sai do Canada. Fui algumas vezes para Montréal e passei as festas de fim de ano em Ottawa.

Vida de imigrante

Depois de 5 anos consegui um médico de familia
Renovei minha carta de residente permanente

Exposiçoes

Fui à exposiçao dedicada ao Hergé, criador do Tin Tin, no Musée de la civilisation de Québec.
"Revolution", exposiçao sobre os movimentos civis, politicos e artisticos dos anos 60 e "Love is Love", de Jean-Paul Gaultier no Musée des beaux-arts de Montréal.
Também visitei o Museu de Historia em Gatineau, o National Gallery e o Museu da Natureza em Ottawa

Shows

Bob Dylan em Montréal
Festival de Jazz em Montréal
Festival d'été em Québec (fui ao show do Kendrick Lamar, Pink, Backstreet Boys)
Paco de Lucia Project em Québec
Tournées da Katy Perry, Arcade Fire e Imagine Dragons no Centre Vidéotron de Québec


Esportes

Fui ao jogo da seleçao feminina de hockey, Canada x EUA.

Séries

5ª e ultima temporada de Orphan Black
1ª temporada de Handmaid's Tale
1ª e 2ª temporadas de Lee Daniel's Star - Toca em varios assuntos interessantes: mulher na musica, Black Lives Matter, homossexualidade, transexualidade e religiao. Tem a toda poderosa Queen Latifah.
1ª temporada de Las Chicas del Cable
1ª temporada de The Good Place
1ª e 2ª temporadas de The Strange Things
3ª temporada de How to Get Away with Murder
As três temporadas de Black Mirror
1ª temporada de Disjointed

Documentarios na Netflix:

Joan Didion: The Center Will Not Hold
She’s Beautiful When She’s Angry, Mary Dore
Maya Angelou and Still I Rise, de Bob Hercules e Rita Coburn Whack
What Happened, Miss Simone?, de Liz Garbus
Gabo: La Magia de lo Real, de Justin Webster
Minimalism: A Documentary About the Important Things
Twenty Feet From Stardom, de Morgan Neville
The Black Panthers: Vanguard Of The Revolution, de Stanley Nelson

Filmes

Toni Erdmann, de Maren Ade
Selma, de Ava DuVernay
La La Land, de Damien Chazelle
Manchester by the Sea, de Kenneth Lonergan
Moonlight, de Barry Jenkins
Yo, la Peor de Todas, de María Luisa Bemberg
A Quiet Passion, de Terence Davies
Bienvenue à Marly-Gomont, de Julien Rambaldi, de Julien Rambaldi

Filmes de tematica LGBTQIA

Barash, de Michal Vinik
Carol, de Todd Haynes
Dream Boy, de James Bolton
The Danish Girl, de Tom Hooper

CDS - lançamentos que adquiri

A mulher do fim do mundo, Elza Soares
Damn, do Kendrick Lamar
Is This the Life We Really Want?, do Roger Waters